Peça Humor

Peça Humor "Quem é Quem" com Eri Johnson e Viviane Araújo

01/11/2019

SC Balneário Camboriú Sexta Teatro Bruno Nitz

Lobo Solitário e Gata Maluca podem parecer dois simples apelidos, usados no ambiente virtual, mas escondem as personalidades de um ladrão e de uma ninfomaníaca. Esses são os papéis que Eri Johnson e Viviane Araújo assumiram, oficialmente, ontem (23), na estreia nacional de 'Quem é quem', a montagem que une os artistas numa comédia descrita como atual e inovadora e que estreou em Alagoas. A peça faz curta temporada no Teatro Deodoro, neste sábado (24) e domingo (25).

Os verdadeiros nomes dos personagens são Luciano e Luciana, que se conhecem na internet e logo marcam um encontro na vida real. O inusitado é que eles não são exatamente como se descreveram em seus perfis virtuais. Eri defende que serve como um alerta, mas que é apresentado ao público com muito humor e leveza. "É um tema atual, acontecendo no mundo virtual e real. Pode ser uma comédia de suspense, com amor, mas que traz uma mensagem forte: cuidado com quem você se relaciona nas redes sociais", contou.

Já que o principal tema é interação, nos palcos não poderia ser diferente. Os atores propõem, logo de cara, que o público interaja com eles através de selfies, lives e stories. Eles destacam que essa interatividade dará o start para a história, mas não entregam muitos detalhes sobre como tais artimanhas serão usadas durante a apresentação.

Juntos pela primeira vez nos palcos de teatro, Eri e Viviane selam a parceria no palco histórico do Teatro Deodoro, sem esconder a animação com a estreia do projeto. "A experiência tem sido em ensaios, a estreia do palco será em Maceió, mas posso adiantar que estou me divertindo muito", afirmou Viviane Araújo, que atualmente se dedica integralmente ao espetáculo e sua mega preparação para o carnaval 2020.

"Ela é uma pessoa muito dedicada nos ensaios, disposta a aprender a fazer diferente, isso é importante no desenvolvimento dela como atriz. Generosa, ela sempre topa arriscar, em todos os sentidos. Isso é bom, principalmente quando se fala em comédia", conta Eri sobre a relação com Viviane. O ator não poupou elogios à amiga e, agora, companheira de palco. "Acho que na Marquês de Sapucaí ela representa todas as rainhas de bateria do mundo porque ela é soberana. Ela é extremamente fundamental na avenida, não só por ser da Salgueiro, ela é das escolas de samba".

RECEBA NOVIDADES NO SEU EMAIL

Enviar

Próximos Eventos

Comprar Ingresso